Nossa Senhora da Lapa

NOSSA SENHORA DA LAPA MÃE BOA DA DIOCESE DE PARACATU

23 de outubro de 2015
NOSSA SENHORA DA LAPA MÃE BOA DA DIOCESE DE PARACATU

Nossa gratidão à comunidade católica de Vazante pelo zelo devotado à casa de Maria e pela acolhida fraterna aos romeiros

A Mãe de Deus é simples e próxima das pessoas humildes. Ela mesma disse que o todo poderoso fez em si maravilhas, porque “olhou para a humildade da sua serva” (Lc 1,48). Os paroquianos e o povo romeiro que frequentam a Paróquia-Santuário de Nossa Senhora da Lapa a venerem numa gruta, semelhante àquela de Belém onde nasceu o nosso Salvador. A gruta é uma cavidade natural rústica, encravada na rocha, que simboliza a fortaleza de Deus sempre aberta para acolher as pessoas simples e humildes, como Jesus, Maria e José.  A gruta lembra ainda a escultura da natureza, o refúgio para os peregrinos, o lugar de oração e de proteção, onde os fiéis recuperam as forças físicas e espirituais. Na gruta, o povo de Deus desce para rezar e se encontra com a Virgem venerável, Nossa Senhora da Lapa, a Mãe Boa da Diocese de Paracatu. Em nome do Senhor, Maria dá as boas vindas aos romeiros e os ajuda a carregar a cruz de cada dia sem perder a esperança. Os fiéis têm necessidade de procurar a Lapa Mariana de Vazante, especialmente quando se sentem cansados e abatidos em meio às lutas da vida. São pessoas que provêm de várias cidades e regiões circunvizinhas, muitas vezes angustiadas, enfermas, desanimadas… Elas chegam à Paróquia- Santuário da Lapa para agradecer, pedir cura, proteção e bênção de Deus para continuar o caminho sem desanimar da missão. Os frutos espirituais da lapa vazantina são inúmeras:

  • Recorda que Deus é a rocha sobre a qual se deve edificar a vida cristã.
  • Lembra que Maria e José preferiram hospedar-se na gruta de Belém e não nos palácios de Jerusalém.
  • Revela que o povo simples e humilde frequenta a gruta da lapa como gesto de comunhão com a Sagrada Família, cujo princípio de união e de caridade manifesta-se não só no sentimento, mas também na prática do amor fraterno.
  • Orienta os fiéis para celebrar a Santíssima Eucaristia, adorar o Senhor e venerar a Senhora da Lapa como Mãe Boa e medianeira de todas as graças.
  • Facilita o encontro e o convívio dos romeiros com Deus tri-uno, que os acolhe e convida para participar da Festa de Nossa Senhora da Lapa.
  • Reaviva a chama do amor, reafirma o compromisso com a missão e encoraja os discípulos-missionários no serviço Reino.
  • Revigora a fé, reconstroi a esperança e inflama a caridade.

A Paróquia-Santuário Nossa Senhora da Lapa lança a sua revista trimestral na esperança de que os fiéis conheçam, amem e divulguem as maravilhas operadas por Deus neste Cenáculo Mariano da Diocese de Paracatu – MG. Nossa gratidão à comunidade católica de Vazante pelo zelo devotado à casa de Maria e pela acolhida fraterna aos romeiros. Agradecemos ainda aos sacerdotes, diáconos, religiosos, agentes de pastoral e demais colaboradores pela dedicação à causa da evangelização e ao culto eucarístico-mariano realizado nesta fonte de água viva do Espírito, de onde brota continuamente a vida em abundância. Nossa Senhora da Lapa, rogai por nós!

Dom Jorge Alves Bezerra, sss
Bispo Diocesano de Paracatu – MG